Open Banking
Open Banking

Como funciona o Open Banking

Quem pode usar o Open Banking

O Open Banking (Sistema Financeiro Aberto) é uma iniciativa desenvolvida para que o mercado financeiro e de pagamentos seja mais eficiente, seguro, transparente e inclusivo. Todos os consumidores que tenham acesso a um canal digital de uma instituição participante poderão compartilhar suas informações de relacionamento, produtos ou serviços contratados, por meio de uma experiência totalmente digital.

Um dos propósitos do Open Banking é tornar o sistema financeiro e de pagamentos mais acessível para a população brasileira. Espera-se que a implementação do ecossistema estimule o desenvolvimento de novas plataformas e soluções no mercado, aprimore a qualidade dos meios de acesso já existentes e reduza custos de produtos e serviços financeiros para a população. Isso trará benefícios para a cidadania financeira, favorecendo a inclusão de quem ainda não é bancarizado.

Benefícios do Open Banking

Com o Open Banking, você poderá movimentar suas informações e serviços financeiros, a exemplo de financiamentos, seguros, investimentos, cartão de crédito, extratos de contas, quando quiser e com a instituição participante que você escolher, trazendo uma nova perspectiva de relacionamento com o sistema financeiro. Você poderá usufruir dos benefícios oferecidos por diferentes instituições participantes, ter maior visibilidade e controle da sua vida financeira e acessar a oferta de produtos e serviços financeiros mais adequada ao seu perfil e às suas necessidades.

Como será o compartilhamento de dados com o Open Banking

As interações dos clientes no âmbito do Open Banking ocorrerão por meio dos canais digitais das instituições participantes. Por meio deles, você poderá autorizar, alterar, renovar e encerrar o compartilhamento das suas informações por meio de um ambiente digital seguro e de fácil compreensão.

Para que ocorra o compartilhamento de dados, é necessária a comunicação entre a instituição que irá receber e a que irá transmitir seus dados, sendo imprescindível a sua prévia autorização. O processo deve ocorrer de forma ágil e segura, com o compromisso das instituições em garantir que as informações prestadas sejam claras e objetivas e as interações ocorram de forma simples e intuitiva, preservando a privacidade dos seus dados e a transparência do processo.

Com o objetivo de proporcionar uma melhor experiência aos clientes, todas as instituições participantes devem seguir as mesmas etapas para a efetivação de um compartilhamento: 1) Você acessa o canal eletrônico de uma instituição participante do Open Banking, buscando contratar um produto ou serviço financeiro. Para agilizar essa contratação ou melhor adequá-la ao seu perfil, essa instituição poderá solicitar que compartilhe seus dados de cadastro ou o histórico de transações que você possua em outra instituição também participante do Open Banking, ou seja, o banco, a cooperativa ou a instituição de pagamento da qual você é cliente.

Você não será obrigado a realizar esse compartilhamento e se decidir autorizar, somente poderão ser compartilhados os dados necessários para a contratação do serviço que você deseja.

2) Durante essa solicitação de compartilhamento, a instituição na qual você está contratando o produto ou serviço, deverá informar a finalidade para a qual seus dados serão usados e o prazo do compartilhamento. Nessa etapa, você também vai selecionar a instituição de origem e os dados a serem compartilhados.

3) Na etapa seguinte, você será direcionado, de forma segura, para o canal de atendimento da instituição que você é cliente. Nesse momento, você sai do ambiente da instituição que vai receber suas informações e vai entrar no ambiente do seu próprio banco. Nessa etapa, chamada de autenticação, você entrará na sua conta, como faria normalmente. Não se preocupe, porque é um ambiente seguro, criptografado e a instituição que vai receber os seus dados não conseguirá ver suas credenciais de login e nem terá acesso ainda às suas informações.

4) No ambiente do seu banco, cooperativa ou instituição de pagamento, serão apresentados os dados a serem compartilhados, a finalidade, o prazo de validade do compartilhamento e nome da instituição que vai receber as informações. Se estiver de acordo, você confirma o compartilhamento.

5) Concluídas as etapas anteriores, você será redirecionado de volta para o canal de atendimento da instituição de destino dos dados.

6) Ao voltar para o ambiente da instituição de destino, será informado que o compartilhamento foi efetivado.

É importante lembrar que as informações poderão ser utilizados pela instituição de destino somente para a finalidade específica apresentada para você no início do compartilhamento e pelo prazo que foi combinado. Se mudar de ideia, não há problemas. Você pode cancelar o compartilhamento antes do fim do prazo, a qualquer momento. Esse cancelamento poderá ser feito no canal de atendimento da instituição de destino ou na de origem dos dados.

Open Banking para instituições participantes

O Open Banking lança às organizações participantes grandes desafios para gerar experiências inovadoras e surpreendentes para os usuários, criar soluções e vislumbrar oportunidades para o desenvolvimento de novos negócios.

É um ambiente favorável para as instituições participantes expandirem suas fronteiras, tendo em vista que tudo ocorre por meio dos canais digitais. Dessa forma, elas poderão, por exemplo, captar novos clientes e ofertar produtos e serviços em canais de atendimento de terceiros, com a contratação de parcerias de outras empresas, o que permitirá às organizações mais flexibilidade para definir o posicionamento que vão assumir e a forma como vão entregar essas soluções para o mercado.

A grande mudança é a maneira como as instituições poderão interagir com você. Por meio do compartilhamento de seus dados, as instituições terão condições de identificar seus hábitos, planos e o estágio da sua vida financeira. Com essas informações, será possível a oferta de produtos e serviços personalizados, que ofereçam as melhores experiências financeiras e que façam parte da sua vida cotidiana, como ferramentas de apoio no gerenciamento e planejamento financeiro.

Por determinação do Banco Central do Brasil (BC), é obrigatória a participação no Open Banking das principais instituições financeiras do país, ou seja, os grandes bancos, assim como as instituições detentoras de contas, iniciadoras de transações de pagamentos e as que firmaram contrato de correspondente para encaminhamento de proposta de crédito por meio eletrônico. Além dessas instituições, outras instituições poderão participar de forma voluntária, desde que sejam instituições já autorizadas a funcionar pelo BC. Por segurança, você poderá consultar todas as instituições participantes, acessando a seção Quem Participa (https://openbankingbrasil.org.br/quem-participa/).

Próximos Eventos
13
Ago
Início Fase 2
23:59 - online
30
Ago
Início Fase 3
23:59 - online
15
Dez
Início Fase 4
23:59 - online